Saber quando e como fazer uma liquidação no seu varejo é um desafio e tanto, concorda? Afinal de contas, não se trata apenas de uma campanha estratégia para aumentar as vendas, mas de uma avaliação robusta do momento do mercado e do comportamento do seu público-alvo.

Com isso, a liquidação no seu varejo se torna um poderoso aliado de vendas, divulgação da sua marca e com grandes chances de atrair e fidelizar mais clientes, quando bem realizada.

E é exatamente o que veremos neste post: a importância dessa modalidade de negócio e, principalmente, quando e como fazer uma liquidação no seu varejo. Confira!

A importância da liquidação no seu varejo

Para muitos setores varejistas, a liquidação é fundamental para liquidar – literalmente – o estoque de peças. Como é o caso do segmento de roupas e calçados.

Afinal, trata-se de um setor muito bem definido entre as estações primavera/verão e outono/inverno para apresentar as suas novidades. Assim, a liquidação é importante, tanto para uma ação de renovação do estoque com a coleção que está por vir,  quanto para dar um deslumbre rápido ao consumidor, proporcionando relacionamento e entendimento sobre as perspectivas futuras.

Além disso, ao realizar uma liquidação, aquelas peças que não venderam bem em um período específico, como em datas sazonais, ganham sobrevida e trazem a possibilidade de recuperar e melhorar os índices de vendas em sua loja. Motivo extra para trabalhar mais o relacionamento com os seus clientes habituais.

Acontece que, para surtir o efeito desejado, não basta implementar uma liquidação  da noite para o dia. Para fazê-la de maneira eficiente, o planejamento é crucial, ou seja, entenda o que ainda tem em estoque, crie e elabore novos conceitos e apresente-os aos clientes.

Quando e como fazer uma liquidação no seu varejo

Existem diversos momentos propícios para realizar uma liquidação. Entretanto, o que se espera do empreendedor é um profundo conhecimento e análise do momento atual do seu mercado, bem como do comportamento do consumidor.

E isso pode ser alcançado com facilidade por meio da cultura de um bom relacionamento com o cliente – seja presencialmente, por e-mail ou mesmo via redes sociais.

Dessa maneira, você consegue mensurar o impacto que a sua campanha pode causar, no público-alvo, da mesma maneira que ajuda o consumidor a se preparar para o período de ofertas.

Ou seja: antecedência é um aspecto essencial para que a sua loja se prepare e os clientes saibam o que está para acontecer no seu varejo. Em seguida, é válido avaliar quais peças vão entrar na campanha, uma vez que isso pode ser mensurado a partir de um bom controle de estoque.

Assim, sabe-se melhor o que precisa ser “liquidado” e quais peças você pode aproximar para a liquidação, de maneira a atrair mais clientes e tornar a campanha mais deslumbrante.

O merchandising e sua relevância em uma liquidação

Por fim, o cuidado para uma boa liquidação no seu varejo deve ser traduzido em um excelente merchandising. Afinal, a identidade visual de uma loja é um verdadeiro chamariz para clientes em potencial que passam em frente à sua loja e podem se interessar por uma oferta.

Por isso, vale dedicar muitos esforços para a confecção de uma vitrine realmente chamativa e harmônica e uma decoração condizente com o mote de sua liquidação.

E, como estamos falando em merchandising como um dos principais elementos para obter sucesso ao realizar uma liquidação em seu varejo, convidamos você a baixar, gratuitamente, o nosso e-book Guia de Merchandising para Varejo!

Assim, você ficar por dentro de toda a relevância e impacto que um bom projeto de merchandising pode causar em suas lojas – e não apenas durante uma liquidação em seu varejo, mas no dia a dia também!