Conforme pesquisa da J.W.Thompson, passamos cerca de 82% de nosso tempo na rua. Outro estudo apontou que, entre as nações participantes, o Brasil é o país em que o ponto de venda ocupa maior importância no processo de decisão de compras do cliente.

Por isso, a vitrine de uma loja é um grande recurso. Pois tem o poder de convidar clientes a entrarem e conhecerem em seu estabelecimento!

A seguir, veja dicas para você montar uma vitrine incrível para seu varejo. Acompanhe!

Importância da vitrine

Vivemos em uma época em que o cliente possui diversas opções de escolha e pode comprar de casa, com alguns cliques. Por isso, é fundamental que lojistas invistam em estratégias para atrair esse cliente até seu estabelecimento.

A técnica de visual merchandising é uma das maiores aliadas dos varejistas, podendo contribuir para um incremento de até 40% em suas vendas. Em resumo, visual merchandising são técnicas de organização de lojas e exposição de produtos de modo atrativo para o público. Dentro do visual merchandising, as vitrines são recursos fundamentais para atrair clientes e vendas para o lojista.

A vitrine é um grande cartão de visita de sua loja. Ela tem o poder de causar um primeiro impacto no consumidor, atraindo sua atenção e seu olhar diante dos concorrentes. E tudo isso antes mesmo de o cliente entrar em sua loja! A vitrine é uma espécie de vendedora em potencial. Uma captadora de clientes, convidando-os a conhecerem sua loja e a se relacionarem com o seu negócio.

Como começar a montar uma vitrine incrível?

Para começar a montar uma vitrine incrível, inicie verificando as condições de manutenção e os recursos básicos. Isso inclui limpeza, organização, iluminação, piso, fundo da vitrine, cubos, manequins etc.

Você poderá complementá-los com itens como adesivos, móbiles, plaquetas, mobiliários diversos… A criatividade é o limite! Para reduzir custos com a decoração, você poderá desenvolver parceria ou permuta com outros comerciantes.

Se for expor produtos pequenos, procure organizá-los em grupos e sempre tenha algum produto maior para exibir. Isso chamará a atenção mesmo de quem não está tão próximo de sua vitrine. Produtos em alturas e tamanhos diferenciados ajudarão a dar a sensação de ritmo e movimento ao espaço.

Veja, a seguir, outras dicas para ajudá-lo a criar uma vitrine surpreendente e com alto poder de atratividade para seu cliente.

Guia de merchandising para varejo

9 dicas práticas de como montar uma vitrine incrível

1. Conheça bem o perfil do cliente

Para montar uma vitrine incrível para sua loja, o primeiro passo é conhecer bem o perfil de seu público-alvo. Além de dados como sexo e faixa etária, informações mais detalhadas, como classe social, escolaridade e hábitos, fazem bastante diferença. As informações mais importantes variam para cada tipo de produto ou serviço.

Procure sempre criar uma “persona”, perguntando-se: se eu juntasse as principais características do público que eu desejo atrair em uma só pessoa, como essa pessoa seria? Homem ou mulher? Com que idade? Como ela fala? Como se relaciona com as pessoas? O que a deixa empolgada e o que a deixa triste? E assim por diante… Após criar a persona mais detalha possível, monte sua vitrine de maneira a agradar essa persona. 

Para aumentar ainda mais o poder de sua vitrine, conheça, além do cliente habitual, também seu cliente potencial – todo aquele segmento de público que ainda não compra de você, mas que poderia.

Entender o que seu cliente gosta e o que ele espera fará com que você monte uma vitrine incrível e muito atrativa para ele. Valorize o que de fato deve ser valorizado, sempre apresentando algo novo e diferente, dentro do interesse de compra do mercado. Assim, ao identificar sua vitrine, o cliente poderá rapidamente criar uma conexão com sua loja, percebendo que ela é perfeita para ele.

2. Conheça seu estoque de produtos

Conhecer bem o estoque e todos os produtos que constam na loja, ajudará a gerar sempre novas ideias de organização, estilo ou produção de sua vitrine.

Um erro bastante comum na montagem desses espaços é expor ali um produto que o varejista não tem mais no estoque. Nesse caso, é despertado o interesse de compra do cliente que, ao entrar na loja e solicitar aquela peça, será surpreendido negativamente ao saber que ela está em falta.

Por isso, é recomendável utilizar na vitrine apenas itens que você tenha disponíveis em estoque, assim sua vitrine realmente ajudará a gerar vendas e seu cliente terá uma melhor experiência de compra.

3. Tenha um objetivo claro ao montar sua vitrine

A vitrine não deve ser organizada pelo simples fato de ser o momento de renovar o cenário da loja. É preciso listar um objetivo para focar em estratégias assertivas. Defina o motivo de montar cada nova vitrine: apresentar uma coleção, fazer uma promoção, criar um tema com data comemorativa, apresentar uma tendência, etc.

4. Leve em conta as datas comemorativas e sazonalidades

Para montar uma vitrine incrível e atrativa para seu cliente, é importante ficar de olho nas datas especiais e sazonalidades. Tenha em mãos um calendário com todas essas ocasiões, a fim de sempre se antecipar no planejamento da próxima vitrine. Assim você não perde o timing de seu lançamento.

Nesses casos, sua vitrine precisa comunicar que uma data importante está chegando e que sua loja tem a melhor opção para o cliente presentear quem lhe é especial.

Para lidar com as sazonalidades, além das datas comemorativas, você poderá criar temas para sua vitrine, como estações do ano, sentimentos, eventos, etc.

5. Seja criativo!

Surpreenda seu cliente e seu potencial cliente com uma vitrine criativa. Acompanhe sites, revistas e blogs do seu mercado para conhecer tendências e ter insights para novas ideias para montar uma vitrine incrível.

6. Faça benchmarking

É importante também conhecer as boas (e as más) práticas do mercado, a fim de sempre gerar inovação para seu varejo. Por isso, visite outras lojas, avalie com precisão o que fazem, entenda como se posicionem e, por fim, crie a identidade e um conceito único para sua vitrine.

7. Tenha regularidade

Crie uma rotina de atualização de vitrines que tenha ritmo, estilo e contexto com seu negócio. Os produtos e o look dos manequins, no caso da vitrine de moda, devem ser trocados a cada semana, pois a dinâmica de pessoas e clientes que passam em frente aos estabelecimentos é muito grande.

A regularidade e a renovação constante demonstrarão que sua loja segue tendências, tem energia, se atualiza com frequência; isso atrairá a atenção de seus clientes.

8. Invista em iluminação

A iluminação é um dos grandes recursos para despertar o interesse de quem está passando pela frente de sua vitrine. Esse é um ótimo recurso para valorizar produtos e criar pontos de interesse.

Além da iluminação convencional, você poderá usar sua criatividade para gerar novos efeitos com truques de luz em movimento, piscante ou giratória, por exemplo.

9. Evite o excesso de informações

É importante não expor muitos produtos a ponto de limitar os espaços vazios na vitrine. A poluição visual causa cansaço no cérebro humano e vai desviar a atenção das pessoas para outras vitrines. Por isso, tome bastante cuidado para evitar exageros!

Lembre-se: a vitrine é uma amostra do que seu cliente encontrará em seu varejo. Se a primeira impressão for negativa, com uma vitrine desorganizada e visualmente poluída, você poderá estar fazendo com que seu cliente desvie o olhar e busque a próxima vitrine – que poderá ser a do seu concorrente!

Gostou de nossas dicas? Foram úteis para o seu negócio? O que mais a sua empresa precisa para alavancar seus resultados? Descubra através do nosso diagnóstico empresarial gratuito. Solicite o seu!

Diagnóstico empresarial